braziliandiploma.us

Baixe Agora!

BAIXAR FILMES BRUCE LEE OPERAO DRAGO


    Índice:

Baixar Filme Operação Dragão Torrent Dublado, Legendado, Dual MKV, MP4 Completo Download Enter the Dragon Lee (Bruce Lee) foi. Filme Operação Dragão Torrent Dublado de download com Sinopse: Lee (Bruce Lee) foi recrutado para investigar um torneio. Lee é contratado por uma organização secreta para participar em um torneio de artes marciais em uma ilha isolada chefiada pelo traficante de ópio Han.

Nome: filmes bruce lee operao drago
Formato:ZIP-Arquivar (Filme)
Sistemas operacionais: iOS. Windows XP/7/10. MacOS. Android.
Licença:Grátis!
Tamanho do arquivo:22.63 MB

PS: E o que que é esse tio aí com esse sorriso colgate? Mas sabe o que ficaria melhor ainda? Parabéns pelo trabalho e muito obrigada! Ô galera sacana e copista dos inferno!!! Gostei do Site. Alexandre Sampaio Cardozo de A. Este, no qual interpreta um policial que passa sete anos em coma após levar dezenas de tiros e volta para se vingar, é o melhor deles. É intrigante. De Um Tal Mr Muscle. Onde você estava e o que estava fazendo no 11 de setembro de ? Clones plurivitelinos? Dantas -Ricardo S. Teixeira 8 de julho de Ching Lung é o Fu Manchu ching ling. Pode deixar que logo postarei a Parte 2 do Treinamento de Bruce Lee. Se eu puder encontrar nesse blog seria bom. Denis Y.

Filme Operação Dragão Torrent Dublado de download com Sinopse: Lee (Bruce Lee) foi recrutado para investigar um torneio. Lee é contratado por uma organização secreta para participar em um torneio de artes marciais em uma ilha isolada chefiada pelo traficante de ópio Han. Baixar Lucy AVI BDRip Dual Áudio + BRRip + Bluray p e p Torrent Torrent Filme Bruce Lee Operação Dragão () BluRay p Dublado Torrent. Seu grande filme final Operação Dragão passa no teste do tempo como o mais .. Pra quem tem dificuldades em baixar os filmes do Bruce Lee via Dreamule. Quer ver a lista completa dos filmes que voce poderá baixar? Clique Aqui e veja a lista Bruce Lee - Operação Dragão - Bruce Lee - A Lenda -

Jigoro Kano Amy Lee Witness Lee Carmen Miranda Marvin Minsky 1. Tenha fé em sua capacidade. A verdade é viva e, portanto, muda. Acrescente o que é especificamente seu. O homem, criador individual, é sempre mais importante que qualquer estilo ou sistema estabelecido. Nas grandes tentativas, até o fracasso é glorioso. Help us translate English quotes Discover interesting quotes and translate them. Start translating.

Mostrar mais citações. Greta Garbo 13 - Em Hollywood, uma srie de telegramas e chamadas telefnicas internacionais fato rotineiro no mundo cinematogrfico. Em Hong Kong, porm, Lee foi instantaneamente considerado "propriedade quente" de Hollywood: - " engraado" - brincaria Lee mais tarde -"mas quando a Paramount enviou-me alguns telegramas, os produtores de Hong Kong consideraram-me um astro importante e meu prestgio aumentou pelo menos trs vezes!

Com as premissas de xito na Amrica e um filme bem sucedido no Oriente, Lee voltou a Hollywood para aparecer em mais trs episdios de "Longstreet". Todavia, baseado numa situao improvvel - a de um detetive cego lidando com o mundo do crime - a srie saiu logo do ar, depois que Siliphant parou de escrever os roteiros. Nos subsequentes captulos que lhe deram, Lee no teve chance de mostrar sua arte nem sua filosofia.

A despeito de tal revs, Lee continuava teimosamente convencido de que Hollywood estava em sua mo e permaneceu em Los Angeles para considerar outras possibilidades. A Warner Bros ainda pensava em fazer "The Warrior" e a MGM tambm estava interessada no projeto, mas visto as coisas no se definirem, Lee regressou a Hong Kong para empreender seu segundo grande filme pela Golden Harvest. Originalmetne chamado "The School for Chilvary", a pelcula teve seu ttulo trocado para "Fists of Fury" durante as filmagens.

Rodada em parte nos prprios estdios da Golden Harvest, foi dirigida ainda por Lo Wei e co-estrelada pela bela Nora Miao que apareceria tambm no prximo filme de Lee.

Lee um discpulo de Kung Fu chamado Chen Chen que luta pela libertao chinesa contra a opresso japonesa. Chen regressa sua velha escola Chin Wu, em Shangai, a tempo de testemunhar o funeral de seu falecido mestre Ho Yan Chia que, de acordo com os outros alunos, morrera de pneumonia. Porm as suspeitas de Chen de que assim no fora so confirmadas aps o funeral, pela invaso da escola chinesa por homens da escola japonesa rival que trazem um cartaz onde se lia: - "Os Chineses so os Doentes da sia" - Por ordem do ento responsvel pela Chin Wu School, os alunos chineses Inconformado, porm, mais tarde Chen visita a Academia japonesa e derrota todos os seus membros, exclamando antes de sair: - "Agora vocs sabem que os chineses no so mais os doentes da sia!

O responsvel pela Academia derrotada exige a priso de Chen pela polcia chinesa, entretanto Chen descobre dois espies japoneses entre os membros de sua escola responsveis por terem envenenado o mestre Ho Yan Chia. Exigindo o nome do mandante e no obtendo resposta, Chen mata os espies e os deixa pendurados num dos postes da rua, depois do que invade a escola rival e literalmente acaba com todos os seus componentes, incluindo um expert russo e um espadachim Samurai! Ao regressar escola Chin Wu, descobre que quase todos os seus membros haviam sido mortos tambm que a polcia j havia chegado.

Sob presso do Consulado Japons, o inspetor chins representado pelo prprio diretor Lo Wei, num estilo "Hitchcock" declara a priso de Chen, garantindo, todavia, que a escola chinesa seria deixada em paz.

Chen resolve entregar-se sob essa condio e ao sair enfrenta as armas das autoridades internacionais, morrendo metralhado em pleno ar, numa dramtica arremetida final contra os opressores. Enquanto "Fists of Fury estava sendo rodado e apesar do estrondoso sucesso, no circuito mandarim, de "The Big Boss", Lee continuava de espreita nas ofertas americanas, esperando que a Warner Bros o solicitasse para a srie "The Warrior".

Todavia "The Warrior" fora arquivado e a Warner decidiu que no queria nenhum oriental para estrelar a srie. Fora uma decepo amarga para Lee que sabia ter sido novamente rejeitado na Amrica exclusivamente pela cor de sua pele e o rasgo de seus olhos!

No Oriente, entretanto, o prestgio de Lee crescia espetacularmente! Nas Filipinas, "Fists of Fury" ficou em cartaz por mais de seis meses, com as casas de espetculos lotadas, o que levou o governo a finalmente decidir limitar a importao de filmes para proteger a indstria local.

Na estria em Singapura "Fists of Fury" causou o maior congestionamento de trnsito jamais visto na regio, o que forou o adiamento da avant-premire por uma semana. Cambistas vendiam entradas de uma libra por quinze libras! Na tela e fora dela Lee tornara-se um super-heri aos olhos populares: - "Bruce sabia instintivamente o que a audincia gostaria de ver e o que no gostaria" - diz Andr Morgan - "No foi por acaso que seus filmes fizeram tanto sucesso!

A clebre frase "Os Chineses no so mais os doentes da sia" e o cartaz que Lee despedaou com um chute realmente em certa poca afixado na entrada do Parque Xangai "Proibida a Entrada de Ces e Chineses", significavam muito mais que simples cenas de efeito cinematogrfico. Para os chineses era como dizer-lhes "Vocs so chineses e, portanto, so to bons ou melhores do que qualquer outra raa".

Eram dias em que o territrio chins tentava despojar-se do obscuro manto da Revoluo cultural e emergia como nova potncia nos negcios polticos do mundo.

OPERAÇÃO DRAGÃO

Breve a China convidaria o presidente dos Estados Unidos e este aceitaria o convite. Quando James Coburn voou especialmente para ver Lee, o efeito causado foi o mesmo de Nixon atravessando 5. Para os produtores de Hong Kong, Bruce Lee estava colocando sua colnia, pela primeira vez, no mapa mundial!

Aps o xito estrondoso de "Fists of Fury", se no fosse Lee na tela, no seria ningum! As jovens o adoravam, os rapazes Wang Yu, o primeiro ator do cinema Mandarim a receber HK.

FILMES BRUCE DRAGO OPERAO BAIXAR LEE

A batalha pela caa de um contrato com Bruce Lee estava desencadeada. Foi um perodo no qual eu no sabia quem estava tentando tirar vantagens de mim! Estranhos chegavam a esper-lo no porto de sua casa, com cheques de H. Lee destrua tais cheques sem chegar a descobrir de onde vinham e com que fim lhe haviam sido dados. Seu telefone tocava constantemente; fs, desafios e produtores oferecendo fortunas de que nem poderiam dispor!

Propostas chegavam aos montes, diariamente, em forma de cartas, telegramas ou por representantes pessoais. Um produtor chegou a colocar sua oferta num dos jornais de Hong Kong! A assinatura "Bruce Lee" num simples pedao de papel Ironicamente, o resultado de toda essa procura e presso sobre Lee foi aproxim-lo ainda mais do produtor Raymond Chow "Aps os dois primeiros filmes, houve tantas ofertas que eu confessei a Bruce ser-me difcil, seno impossvel, competir com as enormes somas que lhe propunham.

Alm da perspectiva de maior margem de lucro, a Concord deu a Lee a oportunidade de fazer as coisas inteiramente a seu modo. Foi uma oportunidade que agarrou com unhas e dentes, livrando-se. O produto final, na opinio de muitos, foi o melhor filme que Lee fez! O enredo era simples, baseando-se nas aventuras de um rapaz ate certo ponto ingnuo, mas que com sua honestidade, esforo e sinceridade consegue vencer a todos que se interpem em seu caminho!

Em resumo, a filosofia de vida de Lee. Aps alguns reveses, Tang Lung desmantela toda a quadrilha culminando o filme com a monumental batalha no Coliseu Romano entre Bruce Lee e o sete vezes campeo Sem dvida, a melhor luta jamais levada s telas. Uma obra prima que, na opinio de muitos, nunca ser sequer igualada. Quando as filmagens terminaram, Lee sabia o potencial que tinha em mos!

Esse filme, declarou ele, rendia mais de 5 milhes de dlares. Os crticos julgaram-no louco. Como poderia seu filme dobrar a renda de "Sound of Music"?

Fundamentalmente, a frmula era a mesma: o heri de alma limpa contra os patifes sujos, mas a Enquanto suas duas primeiras pelculas, sob a direo de Lo Wei, tornaram-se grandes xitos simplesmente pelo carisma de Lee, "The Way of the Dragon foi um produto final mais refinado da arte cinematogrfica sob qualquer ponto de vista. No que Lo Wei h muitos anos no ramo fosse um mau diretor. Pelos padres chineses, Lo Wei sabia o que a audincia queria. Mas continuava sendo um diretor chins, de mente chinesa, limitado pela sua prpria vivncia nos filmes exclusivamente chineses!

Lee, por outro lado, era um homem de duas Ptrias! Sabia ampliar os horizontes de sua terra e alcanar o outro lado do mundo: Europa e Amrica. Em "Way of The Dragon". A deciso de filmar em Roma foi uma mostra do desejo de Lee pelo progresso. Assim como o foi sua luta com Norris. Ao derrotar Norris no cho pedregoso do Coliseu, Lee Mas, agora, j com maior controle sobre produo, quis certificar-se de no estar instigando sentimentos perigosos assim, levou sua.

Quando Norris, brao e perna quebrados, acha-se encurralado contra a parede da arena, h uma tomada, de uns 10 segundos ou mais, em que Lee olha para seu oponente j vencido e num sentimento de compaixo e humanidade seno tambm de respeito pela vida alheia acena-lhe com a cabea para que desista. Mas Norris, um profissional que vivia pela sua arte, recusa-se e arremete contra Lee num ataque final suicida.

Lee vence, mas em vez de afastar-se, simplesmente, do campo de batalha, detm-se ante o adversrio morto e cobre-lhe o corpo inerte com a vestimenta branca de lutador, cruzando-lhe sobre o peito seu cinturo preto em sinal de respeito e pesar. Nas palavras de Michael Kaye: - "Normalmente, em filmes chineses no se honra o inimigo. Voc o mata do modo mais horrvel possvel e goza o fato. Mas Lee quis mostrar outra coisa Ele to humano quanto voc! Era tempo de alcanar novos horizontes, mas no voltando a San Francisco com dlares no bolso.

Desta vez seria diferente, desta vez o mundo iria at ele! Todavia, to bem sucedidos foram seus trs primeiros filmes que na ocasio em que "The Way of the Dragon" era lanado em Hong Kong, j havia pouco a cobrir dessa brecha!

A invaso Kung Fu havia comeado O diretor Michael Kave. Com a invaso de tais filmes, revistas americanas comearam a publicar artigos sobre Bruce Lee e o colunista Robert Elegant, do Los Angeles Times, citou Bruce Lee como o expoente mximo da Arte Marcial no cinema.

Raymond Chaw convenceu-se de que, sofisticado ou no, seu produto estava pronto para fazer sucesso no outro lado do mundo. Primeiro foi "Fists of Fury" Na Europa, Estados Unidos e Canad o filme bateu todos os recordes de bilheteria de filmes orientais anteriores, com as casas lotadas em todas as sesses. Para espanto seu, Lee saltara direto da adorao dos fs de Hong Kong para o corao dos americanos sem mesmo ter tentado isso!

Reconhecendo que Bruce Lee era outra coisa, muito acima dos atores e filmes comuns de Kung Fu, os fs ocidentais transformaram-no num astro internacional virtualmente do dia para a noite. A indstria de Hong Kong imediatamente comeou a manipular a imagem de Lee em milhares de camisetas, chaveiros, emblemas, distintivos, etc. O rosto de Bruce Lee era presena obrigatria em cada revista de cinema ou de arte marcial e at bonecos com socos mecnicos j eram feitos com a imagem de Lee.

Para o mundo ocidental e para os espertos homens de negcio, Bruce Lee e Kung Fu significavam a mesma coisa.

Embora no houvesse ainda um roteiro definido, Lee filmou vrias sequncias de luta com um velho amigo e astro Jabbar, jogador do "Milwaukee Bucks", voara at Hong Kong para uma visita social e acabara concordando em aparecer em "The Game of Death". As filmagens levaram uma semana e satisfizeram a todos, exceto ao empresrio de Jabbar, nos Estados Unidos.

Jabbar um dos jogadores de maior seguro no negcio do basquete, no lhe sendo permitido nem visitas promocionais, por receio que se machuque. Quando seu empresrio soube que passara as frias em Hong Kong trocando socos com o rei do Kung Fu, teve um ataque!

Nesse nterim as ofertas continuavam inundando os escritrios da Golden Harvest e produtores de todo o mundo continuavam disputando um contrato com Bruce Lee. Em frente enorme fila, convencidos agora de que tambm queriam uma fatia do astro de um milho de dlares, estavam os produtores de Hollywood!

Os mesmos que, h alguns anos, Todas as portas antes solidamente trancadas para Lee abriam-se-lhe amplamente Uma sensao altamente satisfatria. E a alegria de Lee deve ter aumentado consideravelmente quando se tornou claro que sua velha inimiga, a Warner Bros estava entre as muitas companhias que o buscavam! Ted Ashley, presidente da Warner Bros, telefonou Concord e exps seu plano para uma co-produo do "primeiro autntico filme de arte marcial feito por uma companhia americana", como a equipe publicitria da Warner descreveria mais tarde o projeto.

Weintraub e Paul Heller, com a equipe da Warner, juntarse-iam s foras da Concord, escorados pelo capital da Golden Harvest, para produzirem um filme chamado "Enter the As filmagens de "The Game of Death" foram adiadas e Lee atirou-se de corpo e alma na nova produo. Seria o maior filme que j fizera e estava entusiasticamente certo de que "Enter the Dragon" seria seu lanamento definitivo como astro de primeira grandeza no cenrio internacional Os homens da Golden Harvest, responsveis pela construo do cenrio, viram-se subitamente com acesso a mais dinheiro que o oramento total de qualquer prvia produo na que tinham trabalhado!

Mais de extras para as cenas de combate e Lee na coreografia das sequncias de luta. O nico lugar no qual "Enter the Dragon" no faria sucesso seria numa escola de cegos. O enredo de "Enter the Dragon" assemelha-se ao dos filmes de James Bond. Bruce, cujo nome da pelcula tambm Lee, representa o aluno favorito de um templo Shaolim recrutado para as fileiras de uma organizao internacional de combate ao crime. Sua tarefa era infiltrar-se numa sinistra ilha-fortaleza localizada em guas internacionais, em algum ponto prximo costa de Hong Kong.

O dono da ilha - algo semelhante ao satnico Dr. No possua, em lugar de uma das mos, uma garra postia com pontas de ao e perverso amor por gatos Antes de partir em sua misso, Lee vem a saber que sua irm, encurralada por capangas da ilha de Hans que intencionavam violent-la, havia cometido suicdio com uma lasca de vidro quebrado.

Logicamente essa revelao transforma a misso de espionagem de Lee numa vingana pessoal contra o Durante a viagem para a ilha, Lee encontra seus companheiros de torneio: Roper Saxon - que fugia de seus credores, William Kelly - que fugia da polcia e Parsons Archer que acabou ludibriado por Lee ao tentar provoc-lo para uma briga, terminando a viagem rebocado num pequeno bote salva-vidas, sob o escrnio da tripulao chinesa que oprimira e espancara pouco antes!

Os visitantes so hospitaleiramente recebidos por Hans com um banquete e noite com o oferecimento de belas mulheres. Lee, porm, solicita apenas a presena de Mei Ling - que tambm trabalhava na ilha como agente do Servio Secreto Americano e aps tomar informaes com ela, ronda noite pelos arredores, descobrindo subterrneos ocultos nos quais Hans mantinha sua produo de pio e comrcio de escravas brancas.

No prximo dia do torneio, Roper e William vencem facilmente seus oponentes, mas Hans descobre que algum andara saindo noite pela ilha, contrariamente s ordens dadas e ordena a Bolo, seu melhor lutador Yang Sze que Aps ter sido vergonhosamente espancado, OHara arremete contra Lee com duas garrafas quebradas que marcavam o campo de luta, mas, chutando-o, Lee o executa saltando sobre ele e quebrando-lhe o pescoo.

Tomando William pelo indivduo que fizera as rondas noturnas, Hans ordena sua presena e exige que confesse o que sabe. Ante sua recusa, lutam e William morto pelas pancadas da mo de ferro de Hans. Ento, o satnico Hans tenta recrutar Roper para sua organizao criminosa exibindolhe o cadver do amigo pendurado num gancho de aougue sobre um tanque de cido. Diante disso, Roper finge concordar apenas para juntarse a Lee numa batalha, final contra os homens de Hans.

Lee persegue Hans pessoalmente e num labirinto de espelhos dentro do Museu de Guerra da ilha Hans encontra a morte espetado na prpria lana que cravara na porta minutos antes, em combate com Lee. Terminadas as filmagens, Bruce sentia-se um homem feliz: Este definitivamente o maior filme que j fiz! Estou orgulhoso dele porque far sucesso tanto na Amrica e Europa como no Oriente. Estou ansioso para ver o que acontecer.

Essas pessoas valem seu peso em ouro! Infelizmente Lee no viveu para ver o espantoso sucesso de "Enter the Dragon" em todo o mundo! Nas primeiras semanas o filme alcanou trs milhes de dlares nos Estados Unidos, em Londres monopolizou os melhores cinemas durante cinco semanas seguidas. Na Europa, especialmente na Itlia, Espanha e Alemanha foi um box-office!

Baixe pôsteres incríveis em alta resolução - Alameda Geek

No Oriente, todavia, no chegou alcanar o sucesso de "Fists of Fury" devido aos toques "ocidentais" dados ao filme e interferncia de Saxon e William no papel principal de Lee Alm disso, o roteiro parecia um tanto estranho comparado aos tpicos filmes chineses. J antes e durante as filmagens do pico de Hollywood, a presso sobre Lee estava chegando a nveis intolerveis.

O "stress" do estrelato uma sndrome bem conhecida no mundo do espetculo. Acrescente-se a isso o sucessivos desafios a que Lee se via exposto, o que lhe ameaava a primazia de lutador invicto. A adulao pblica, a identidade de super-heri que era levado a viver em Hong Kong, os provocadores, os fotgrafos e toda a imprensa que procurava sempre novidades com as quais rechear as pginas das revistas e jornais, buscando, quando no brigas, a presena de Lee ao lado de belezas e cobiadas estrelas de Hong Kong a fim de tecer algum comentrio que desse margem a histrias picantes, eram fatores que o desgastavam emocionalmente Nomes como James Coburn, Steve McQueen e outros atores famosos de Hollywood estavam sempre associados ao de Lee e s ento Bruce comeava a compreender porque muitos deles buscavam a recluso e o anonimato Dificilmente h algum lugar em Hong Kong onde eu possa ir sem ser cercado por pessoas e pedirem autgrafos.

Sempre que vou a lugares pblicos, como restaurantes, tento penetrar de esguelha, sem ser notado, sentar-me depressa numa mesa de canto com o No sou desses indivduos que conseguem se livrar das pessoas Sinto que se posso perder um minuto para fazer algum feliz, por que no faz-lo?

Agora, porm, compreendo porque astros como Steve e Big Low evitam lugares pblicos. De incio no percebia toda a publicidade que eu estava obtendo, mas logo tornou-se uma dor de cabea responder s mesmas perguntas outra e outra vez, posar para fotos e forar um sorriso! Lee nunca fora de frequentar festas e evitava encontros sociais que eram parte integrante da indstria cinematogrfica de Hong Kong tanto quanto possvel: No sou dessa espcie de gente".

No gosto de usar roupas abafadas e de ir a lugares onde todo mundo tenta impressionar a todo mundo. No estou dizendo que sou modesto Conforme a popularidade de Bruce Lee crescia, ele se recolhia cada vez mais para dentro de si mesmo, as vezes Embora sempre mantivesse um pequeno grupo de amigos ntimos, os menos ntimos afastavam-se, um a um, magoados ou ofendidos pela barreira emocional e fsica que Lee construir ao redor de si.

Raymond Chow tornou-se sua nica visita constante de negcios. Por falta de outro assunto a explorar, uma revista de cinema publicou um artigo depreciativo sobre a dependncia profissional de Lee a Golden Harvest e ao qual Bruce respondeu furiosamente: "O artigo quer fazer crer que sou um desmiolado que s confio em Raymond Chow.

Mas no sou! Sou meu prprio dono e tenho tanto crebro quanto os outros! Todavia o caso serve para ilustrar o temor de Lee em ser explorado por outros. Ainda assim, aceitou gratuitamente um convite do Superior de sua velha escola Saint Francis Xavier College, para apresentar-se publicamente como mestre de cerimnias na entrega dos prmios Sport Day Prizes aos alunos que se destacaram naquele, ano: "Bruce foi um verdadeiro heri para todos ns aquela tarde" declarou o Frei Eduard, responsvel pelo colgio "e muito gentil em ter vindo.

No precisei pedir duas vezes! Em outra ocasio, ao saber que um de seus amigos estava passando por srias Ante a rplica de que seu amigo se sentira acanhado Fique sabendo que sou a mesma droga que sempre fui! Se precisar de alguma coisa, basta me dizer! Era propriedade comum de seus milhes de admiradores e quanto mais buscava a recluso, mais era visado. Em dias passados, Lee era a procura constante da imprensa para fotos inocentes e cndidas entrevistas.

Agora, porm, a fim de manter o apetite insacivel do grande pblico consumidor, a imprensa o caava e espreitava como um gavio, esperando seu mais leve deslize para, com uma estria criada ao redor do fato, procurar quebrar sua zelosamente bem guardada imagem de super-heri.

Segundo Andr Morgan: "Era a velha histria da imprensa italiana fazendo dinheiro com escndalos construdos ao redor de Jackie Kennedy ou Elizabeth Taylor! Cada pequeno incidente se tornava sempre algo muito grande. Certa vez, por exemplo, Bruce teve uma contenda com um funcionrio do estdio da TV e isso deu margem aos cabealhos dos jornais pelos prximos trs dias!

Abdul Kareem Jabbar alugou sua casa aos Black Muslims, em Washington e houve a um conflito racial com a presena da polcia, O cabealho da primeira pgina dos jornais de Hong Kong foi "Bruce Lee envolvido em assassinato em massa".

Lia-se o artigo e via-se que o astro negro do basquete americano, Jabbar, que estivera em Hong Kong Isso era tudo! E era esse o modo como a imprensa tratava Lee.

Se Bruce se negasse a uma entrevista ou a posar para mais uma foto, no dia seguinte podia esperar a publicao de que "o agora famoso Bruce Lee destrata a imprensa e o pblico! Lee processou o jornal por difamao. O proprietrio do jornal, o editor Granam Jenkins, um australiano rgido e intratvel, vingou-se publicando uma retratao "sob ameaa", afirmando que Bruce o forara a mudar a histria Comeava a maior polemica do registro jornalstico de Hong Kong! Indubitavelmente a imprensa perseguia Lee, mas em mui tas oca si es seu pr prio tem per am ent o violento e extravagante o lanava de modo no bem vindo no Certa vez compareceu a um programa de TV de Hong Kong, no qual uma srie de artistas marciais foram desafiados por um praticamente de meia idade a ser desequilibrado da posio de luta que assumira.

Os colegas de Lee tentaram deslocar o homem do lugar , um por um, todos falharam. Finalmente restava apenas Lee para tentar.

Bruce simplesmente levantou-se aproximando-se do homem e deu-lhe um tremendo soco no rosto! O desafiante estatelou-se no cho! Quando perguntaram a Lee o porqu de to agressivo comportamento, Lee replicou: - "Eu no empurro Mas na TV pareceu um incidente violento e desnecessrio que s serviu para criar mais polemica em torno da reputao violenta de Lee. Desde as filmagens de "The Big Boss", Lee e Lo Wei, seu primeiro diretor, haviam se engajado num amargo relacionamento profissional envenenado pelo ego e diferenas artsticas de cada um.

Em julho de , esse relacionamento explodiu num amontoado de cabealhos sensacionalistas. Enraivecido pela ideia de que Lo Wei estava tirando proveito pessoal e atribuindo a si o sucesso de seus primeiros filmes, Bruce irrompeu na sala de som da Golden Harvest para dizer na cara do diretor o que pensava a seu respeito. Lo Wei Houve outros incidentes, alguns durante as filmagens de "Enter the Dragon". Lee desentendeu-se com o escritor Michael Allen e com o produtor Fred Weintraub.

Seu desentendimento, porm, com Bob Wall, campeo profissional de Karat americano, foi muito alm dos limites da rivalidade profissional Na cena em que Wall arremete contra Lee com duas garrafas quebradas que segurou por mais tempo que o previsto, em vez de solt-las logo, Lee sofreu um feio e srio corte na mo, que o deixou fora de ao por vrios dias. No faltaram boatos de que amigos de Bob Wall teriam dito no ter sido inteiramente um acidente A isso tudo, sem dvida, pode-se atribuir a enorme tenso que pesava sobre Lee na ocasio.

Ele queria desesperadamente ser um astro da categoria de Coburn e McQueen e sua impacincia a esse respeito era bem conhecida. Desde a idade de 13 anos, quando pressionava seus punhos contra a madeira da carteira escolar enquanto assistia s aulas, o corpo de Lee fora seu orgulho e sua obsesso. Passava horas seguidas, cada manh, em rigoroso programa de treinamento.

Chegava a acordar durante a noite, pular da cama e fazer exerccios para manter-se em forma e entre as muitas estrias agora lendrias sobre seu treinamento consta que possua at um aparelho eltrico que o obrigava a esforar-se ainda mais duramente. Sua casa em Kowloon, Hong Kong, era equipada com uma srie colossal de aparatos, aparelhos e apetrechos de treinamento, incluindo uma sala de paredes revestidas de espelhos para que pudesse observar e corrigir suas prprias aes.

Evitava alimentos enlatados e artificiais ao mximo, preferindo sua dieta de carne, legumes, peixe, ostra, ovos, leite, frutas e vitaminas. Lee treinava como se cada dia fosse o ltimo de sua vida ou como se sua vida dependesse disso, o que, de certa forma e at certo ponto era verdade.

Em alguns meses, porm, seu peso cara de para libras Talvez coisas ainda mais srias o preocupassem tambm, a ponto de no sair de casa sem levar, dizem, um par de nunchakus em seu carro e mesmo uma arma em sua pasta Que tipo de ameaa e por parte de quem, Lee temia que se concretizasse contra sua pessoa? Por que chegou a dizer a sua esposa Linda "No sei at quando vou poder manter as coisas Atravs dos anos, algumas coisas permaneceram as mesmas, mas no geral houve uma modificao contnua.

Por exemplo, quando Dan Inosanto o encontrou pela primeira vez, em , ele j ento havia alterado consideravelmente seu estilo original, Wing Chun. Assim que voltou aos Estados Unidos, de Hong Kong, com a idade de 18 anos Bruce comeou a ajustar ngulos, posies e jogo de pernas de Wing Chun por ach-lo muito "rgido". O produto final de toda essa sua experimentao, que ele chamou Jun Fan uma variante de seu nome chins , foi a arte ensinada nas escolas que ele abriu em Seattle e Oakland, nos anos Embora considerasse essa nova arte mais fluida que sua predecessora, Bruce sempre expressou uma alta considerao pelo Wing Chun.

Na verdade, mesmo aps ter dado um passo alm ao criar Jeet-Kune-Do, continuava dizendo: "Gostaria de ressaltar o fato de que embora meu presente estilo seja totalmente mais vivo e eficiente, devo minha realizao ao meu treinamento prvio no estilo Wing Chun, um grande estilo. Esse estilo foi baseado nas tcnicas da monja Shaolim Ng Mui, do templo ao sul da provncia Fukien. Yim Wing Chun, porm, achou que o estilo de Ng Mui era muito complexo e confiava demais em tcnicas de fora e vigorosas posies "cavaleiro", Ela buscava, em vez disso, meios mais simples, menos complicados e mais eficientes de defender a si mesma.

No os encontrando entre os estilos existentes, criou seu prprio estilo. Yin Wing Chun ensinou sua arte para o marido - um ator profissional que era tambm versado em artes marciais - e atravs dos sculos essa arte foi passada adiante a Leong Embora suas razes aprofundem-se nos lendrios templos Shaolin da velha China, Wing Chun chega ao sculo XX como um dos estilos mais modernos da antiga arte do Kung Fu.

Baseado na teoria de que a distncia mais curta entre dois pontos uma linha reta, Wing Chun dispensa os movimentos alongados e ondeantes que fazem parte da maioria das outras formas de Kung Fu. A linha central - uma linha imaginria que atravessa o centro do corpo - forma a base dos movimentos do Wing Chun, o eixo em torno do qual giram golpes e bloqueios. Os praticantes de Wing Chun so instrudos a manter sua linha central diretamente oposta ao queixo do oponente, quando em combate. A teoria de manter o cotovelo imvel, os quatro cantos e o "lin sildie dar" bloqueio e ataque simultneos contribuem economia global de movimentos caracterstica do Wing Chun.

O primeiro destes conceitos, que afirma que a mo e o antebrao podem mover-se em qualquer direo, mas o cotovelo deve permanecer na posio aproximada de trs polegadas frente ao corpo, define as linhas-limite para a Os permetros dos quatro cantos so idnticos aos do cotovelo imvel: Sobrancelhas na parte superior, rea da virilha na parte inferior e as regies imediatamente aps os ombros nas partes laterais.

O corpo tambm dividido em quatro reas ou "entradas" gates como so chamadas. Dentro de cada "entrada" h uma rea anterior e uma rea posterior. Como a tendncia natural recuar ou tentar bloquear um ataque, esse conceito s pode ser dominado aps muito treinamento e disciplina. A simplicidade de Wing Chun reflete-se no nmero total de formas kuens do estilo: Apenas trs!

De uma forma ou de outra, todas as tcnicas Wing Chun esto contidas dentro do "Sil lum to" pequena ideia , do "Chun kil buscando a ponte ou do "Bil jee" dedos que disparam. O treinamento Wing Chun comea com o "Sil lum tao", fundamento bsico de tudo que vir a seguir; evoluindo atravs do "Chum kil" e "Bil jee", respectivamente.

Durante esse processo, o aluno tambm instrudo no "Chi Sao" sticky hands mos aderentes.

Este exerccio, baseado no dinmico equilbrio das foras opostas Ying-Yang , eleva a sensibilidade das Finalmente, aps as trs formas e o "Chi Sao" terem sido dominados, o aluno aplica o que aprendeu nos movimentos do "Mook Jong" boneco de madeira para treinos.

Mtodo de treinamento nico em todas as artes marciais, os movimentos simulam cada situao concebvel, situando-a como o pice do treinamento Wing Chun. Todo conhecimento prvio ento posto em prtica. Embora o pai de Bruce o tenha iniciado nos graciosos e fluentes movimentos do Tai-Chi-Chuan quando ele era apenas mais um jovem crescendo em Hong Kong, Bruce s comeou seu treinamento aos 13 anos de idade.

Como j foi dito, ele decidira aprender Wing Chun devido a um sentimento de insegurana que surgiu uma vez estabelecida sua reputao de lder de turma e de lutador de rua: "Eu queria saber confessou ele certa vez a alguns amigos ntimos o que me aconteceria se minha turma no estivesse por perto quando eu encontrasse uma gangue rival. Um de seus truques favoritos, por exemplo, era chegar entrada da escola, bem antes dos outros alunos e quando estes comeavam a chegar para a aula, eram recebidos por Bruce que balanava a cabea, dizendo-lhes: "O velho mestre no est.

No h aula hoje". Bruce tambm tinha amigos de outros estilos, o que lhe deu oportunidade de ampliar seus horizontes, praticando incansavelmente aps a escola, e mesmo durante os intervalos, com os ativos jovens chineses.

Bruce Lee Coleção Premium (1971 – 1981) – HD 720p Dual Áudio

Durante seu ano de formatura no Colgio, Bruce desenvolveu uma fascinao pelo Boxe e decidiu entrar numa competio amadora. Incomum feroz competidor, o fato de ter sido coroado o novo Campeo Colegial de Hong Kong surpreende apenas por nunca ter Bruce posto antes uma luva de Boxe!

Todavia o verdadeiro propsito das incontveis horas que Bruce passou aperfeioando suas tcnicas com os alunos mais velhos de Yip Man e amigos de outros estilos, assim como da incomum experincia que obteve nos limites do ringue, foi algo puramente estrutural.

De acordo com Bruce, a fonte ideal provedora de base para combate continuava sendo Considerando-se a variedade de estilos de Kung Fu que eram e continuam sendo ensinados abertamente em Hong Kong, por que escolheu Bruce o estilo Wing Chun? Das indicaes obtidas durante esses anos, segundo Dan Inosanto, houve trs coisas que o atraram, particularmente, para o Wing Chun: Sua estrutura econmica. Sua objetividade. Sua nfase em energia ou treinamento de sensibilidade chi-sao. Somente a partir de um fundamento bsico j praticamente reduzido ao essencial, poderia Bruce ter feito to rpidos e surpreendentes progressos no desenvolvimento de sua prpria arte, como veremos no decorrer desta edio.

Jeet-Kune-Do foi apenas seu prprio desenvolvimento atravs de tantos anos estudando artes marciais, lendo tudo que podia sobre artes marciais orientais e ocidentais, vendo o que funcionava e o que seria ainda mais eficiente, que adaptaes poderiam ser feitas, criando novas coisas, etc. Era apenas o que funcionasse, uma espcie da expresso pessoal de Bruce. Naturalmente h tcnicas bsicas e h como us-las da melhor maneira em qualquer situao que possa surgir. Em Jeet-Kune-Do, entretanto, no se pratica situaes fixas como em outras artes marciais, do tipo "se o adversrio fizer isso, voc faz aquilo, etc Bruce no acreditava em ter regras fixas e, em artes marciais no acreditava em ter um estilo fixo ou normas prestabelecidas Tudo para ele era mutvel e adaptvel, num processo de interao constante.

Bruce era extremamente flexvel e fluido em tudo que fazia. A suprema realidade a simplicidade. O verdadeiro praticante de Gung Fu nunca se ope pela fora ou cede completamente. Faz da tcnica do adversrio a sua tcnica. Responde a quaisquer circunstncias sem prarranjo.

Sua ao como a instantaneidade de uma sombra adaptando-se ao objeto mvel contra o sol. Sua tarefa simplesmente completar a metade da unidade espontaneamente. No h nada a tentar fazer No estgio final do Gung Fu, oponente, ego, tcnicas, tudo esquecido. Tudo simplesmente flui. A verdadeira arte do Gung Fu no acumular, mas eliminar. Responda como um eco. Adapte-se como uma sombra. Golpeie como uma seta. Em Gung Fu, no se trata de quanto voc aprende, mas de quanto voc absorve. No se trata de quanto conhecimento voc pode acumular, mas o que voc pode aplicar.

Uma Alguns anos mais tarde, quando sua crescente fama como "Kato" personagem da srie de TV "The Green Hornet" teria certamente assegurado o sucesso de tal empreendimen to, ele rejeitou a ideia acreditando que no era a maneira certa de levar a efeito sua arte.

Depois, quando sua carreira cinematogrfica comeou a bater recordes, ele achou que esse era o meio apropriado para esclarecer o pblico sobre o verdadeiro significado oculto nas disciplinas marciais. Nos anos que se seguiram, entretanto, Bruce estabeleceu Todas eram "no-comerciais" a ponto de no haver nenhuma placa exterior que as identificasse. Conforme j dito, ao chegar Amrica, de Hong Kong, Bruce Lee no perdeu tempo ajustando seu sistema ao novo ambiente.

Inteligentemente, conscientizou-se do fato de que os movimentos compactos e as tticas de curta distncia do Wing Chun, ideais para as condies super povoadas do Oriente, adaptavam-se mal s dispersas reas metropolitanas de San Francisco e Seattle os dois primeiros locais em que residiu.

Para ilustrar melhor a profunda influncia que o ambiente exerce nos mtodos de luta, citamos um estilo de esgrima filipina que ensina seus praticantes a responderem a uma contenda deixando-se cair imediatamente no cho em postura sentada.

Ridculo, voc diria? Certamente o seria, se o ataque se desse em cho slido, como um parque cimentado ou uma esquina deserta. Mas na regio de onde vem esse estilo, constantes e pesadas chuvas deixam o solo to molhado e Portanto, conforme percebeu que o Wing Chun colocava demasiada nfase em tcnicas de curta-distncia ou infightlng" tcnicas de mos a prejuzo de tcnicas de longa distncia chutes , Bruce Lee incorporou no seu Wing Chun alguns dos mais refinados chutes dos estilos do Norte da China.

Originalmente, entretanto, o termo Jun Fan foi usado para designar a escola e no a arte de Bruce Lee. Mais tarde, o significado desse termo mudaria novamente para significar "o lugar onde se treina Jeet-Kune-Do" e ainda depois, quando Jeet-Kune-Do estabeleceu-se firmemente como uma entidade prpria, Jun Fan ficou sendo visto como a arte que Bruce ensinava em Seattle e Oakland arte que era mais um Wing Chun ministrado com tcnicas de chutes adicionais.

BRUCE BAIXAR DRAGO FILMES LEE OPERAO

Jeet-Kune-Do, ento, realmente uma forma liberada do mtodo Jun Fan abrangendo muito mais. Mas Jun Fan continua sendo parte da arte total. No se pode separar as duas coisas. Linda, a esposa de Bruce, lembra que seu marido comeou a ensinar logo que chegou a Seattle, antes mesmo de Dotado de superior talento e dinmica personalidade, no de se espantar que ele tenha atrado um proeminente embora pequeno grupo de seguidores.

Entre eles estava o japons-norte-americano Taky Kimura, ento nos seus 30 anos, quando Bruce ainda no tinha chegado aos Taky relembra como chegou a conhecer Bruce e sua arte Machuquei-me duas ou trs vezes e sentia-me frustrado. Andava por a com o brao na tipia, quando um de meus amigos que conhecia Bruce, apareceu no supermercado onde eu estava trabalhando e me disse que conhecia um jovem de Hong Kong simplesmente fenomenal! Naturalmente, ouvi essa declarao com certa desconfiana porque j havia ento visto um pouco de tudo na vida, no acreditando que houvesse muito mais a ser visto.

Durante essa poca, os rapazes treinavam em quintais e estacionamentos pblicos. Assim, fui at um desses locais perto da Universidade e foi quando vi Bruce Lee pela primeira vez. Fiquei to impressionado com sua demonstrao de poder e velocidade que lhe pedi se poderia juntar-me ao Durante um ano, ento, treinamos horas seguidas todos os domingos. Depois da aula amos a um restaurante chins ouvir Bruce filosofar sobre uma xcara de ch.

A proprietria do estabelecimento era uma proeminente figura local e havia consentido deix-lo ficar num dos quartos de cima do restaurante em troca de seus servios como garom e ajudante de cozinha. Taky Kimura relembra que Ruby Chow era uma pessoa muito dominante e Bruce tambm.

Houve um conflito de personalidades e Bruce percebeu que era tempo de cair fora. Mas Bruce tambm era um jovem muito orgulhoso e achava que tinha de manter sua prpria vida em vez de ser uma carga para seu pai, dependendo deste lhe enviar dinheiro. J que era dotado de vasto conhecimento em Artes Marciais, os rapazes do grupo que treinava com ele reuniram-se e decidiram abrir uma escola que lhe desse algum sustento.

Taky lembra, ainda, como tentava impressionar seu jovem Certo dia, estava observando de rabo de olhos se isso impressionava Bruce. Naturalmente ele sabia exatamente o que eu estava fazendo, pois eu o ouvi dizer que eu nunca conseguiria Isso me levou a treinar ainda mais duramente! Embora eu fosse um tanto desajeitado, creio que Bruce viu o quanto eu estava sendo dedicado e sincero no que tentava fazer, pois passou a treinar comigo parte e mostroume uma srie de coisas extras.

Com o passar do tempo, tornei-me o assistenteinstrutor de sua escola e mais ou menos conduzia todas as aulas. A primeira escola de Bruce se localizava em Chinatown porque, suponho, era uma rea bem conhecida, e nosso grupo na poca, era pequeno. Algum tempo depois vimos as limitaes do local em Chinatown e como Bruce ia para a Universidade, achamos que l usufruiramos de maior potencial.

De incio foram muito bem sucedidos e puderam manter uma escola na parte trrea de um complexo novo de apartamentos. Certa vez, durante uma das demonstraes de Bruce, um karateca faixapreta japons ressentiuse com as opinies e ideias francas de Bruce e propslhe um desafio.

Bruce tentou explicar que no fora sua inteno menosprezar nenhum sistema em particular e sim Porm o karateca persistiu na exigncia de uma luta, vociferando multido que se formou em volta de Bruce que ele "no sabia nada e no deveria sequer ser ouvido".

Assim, Bruce foi obrigado a aceitar o desafio e ambos encaminha ram-se at um ptio esportivo nas proximidades.

OPERAO BRUCE DRAGO BAIXAR FILMES LEE

O desafiante quis primeiro estabelecer certas regras, como "no socar na cabea ou virilha" e Bruce, contrariamente ao seu costume, aceitou-as at certo ponto.

O resultado da breve disputa 11 segundos nada deixou em dvida! O karateca partiu com um forte chute que Bruce evitou facilmente, socando logo aps seu oponente de ponta a ponta da quadra de esportes. Quando tudo acabou, o desafiante jazia numa poa de sangue. Conforme dito por Taky Kimura, Bruce foi at muito magnnimo no caso todo Em vez de desmenti-lo ou embara-lo, Bruce deixou que Foi ento que houve uma mudana considervel de alunos e Bruce resolveu que a melhor coisa a fazer seria voltar a Chinatown com um pequeno grupo selecionado de dedicados praticantes.

Taky aprovou a ideia, pois no se achava capaz de dar conta de um local muito grande sozinho Ele me disse: Por que voc simplesmente no mantm apenas alguns amigos ntimos nos quais possa confiar? Assim, fiquei como instrutor operando, at hoje, apenas com um grupo privativo. James Lee nenhum parentesco com Bruce o sobrenome era pura coincidncia j era um conceituado artista marcial e foi provavelmente o primeiro praticante de Kung Fu da Amrica a apreciar a extraordinria habilidade de Bruce.

Na verdade, foi por sugesto de James que Bruce viu-se solicitado por Ed Parker a participar do Torneio Bruce ficou em San Francisco pouco tempo, sustentando-se com aulas de chacha-cha antes de aceitar o emprego no Ruzy Chow's. Porm, como Allen Joe deveria ir a Seattle para a Feira Mundial de , James pediu-lhe que fosse procurar Bruce e constatasse at que ponto ele era mesmo bom Devia estar querendo saber que diabo eu estava fazendo l.

Quando mencionei o nome de Robert, ele relaxou e comeamos a conversar sobre Kung Fu. Fomos para os fundos onde ele me pediu para lhe mostrar meus movimentos clssicos. Depois disse calmamente: "Isso no bom. Agora veja isto. Fiquei realmente impressionado. Depois, quando me mostrou sua rotina de exerccios no Mook Jong boneco de madeira para treinos que montara atrs do restaurante, fiquei ainda mais Depois de minha volta ao lar Bruce escreveu-me, e duas semanas mais tarde James escreveu-lhe tambm, indo ento visit-lo.

FILMES OPERAO LEE BAIXAR DRAGO BRUCE

Foi a partir da que se tornaram bons amigos. Bruce comeou ensinar James sua verso de Wing Chun Na verdade ele irreal! Foi o comeo. A partir de ento James e Bruce continuaram treinando juntos e abriram uma escola. Como Bruce, James tinha pouca pacincia com a comunidade de artistas marciais que continuavam aderindo velha crena de que os segredos do Kung Fu no deviam ser revelados aos no-chineses. Ambos concordaram em aceitar alunos de todas as raas na nova escola, fato que causou ressentimento e antagonismo entre os mais arraigados tradicionalistas.

Bruce achava que ao criar seu prprio mtodo, poderia evitar as ferozes rivalidades entre escolas, to comuns em Hong Kong. Foi apenas uma v esperana! Wong Jack Man chegara recentemente de Hong Kong e Acompanha do de alguns seguidores, Wong apareceu na escola de Bruce certo dia trazendo um desafio por escrito, segundo o qual Bruce deveria fechar a escola ou parar de ensinar pessoas de outras raas, caso perdesse a luta que ento teria lugar!

Aparentemente o desafio era um ultimato de toda a comunidade de artistas marciais de San Francisco A resposta de Bruce foi simplesmente "Est bem!

BRUCE OPERAO DRAGO FILMES BAIXAR LEE

Quando Wong Jack Man sugeriu que ento, apenas trocassem tcnicas durante alguns minutos, Bruce queimouse: "Nada disso! Voc veio aqui com um ultimato e um desafio esperando assustar-me.

Voc fez o desafio, portanto eu fao as regras. De minha parte, no h regras. Ela relata que A coisa acabou quando Bruce levou o desafiante ao cho e exigiu sua rendio. Tudo isso mudou, entretanto, quando ele comeou a dissecar e analisar a luta que teve com Wong, percebendo que sua performance deixara a desejar a luta deveria ter durado apenas alguns segundos devido, em grande parte, teimosa aderncia a um estilo impenetrvel s tcnicas Law Horn Kuen do oponente.

Alm disso, Bruce confessouse incomumen te cansado no final da luta, o que veio lhe provar que no estava em perfeita forma. Assim, em parte por reconhecer as limitaes do Wing Chun e em parte por reconhecer a necessidade de condicionamento fsico apropriado, Bruce comeou a intensificar sua busca pela suprema realidade em combate.

E se alguma coisa ele aprendeu de seus muitos anos de experincia e treinamento, foi que todas as mirades de formas de artes marciais baseiam-se e confiam demais nos estilos que so Por essa razo Bruce recusou chamar Jeet-Kune-Do de um estilo, pois sentia que isso seria limit-lo. Alm do que, Jeet-Kune-Do no possui regras, determinadas de formas, ou movimentos, como tampouco de nmero fixo de tcnicas a oporem-se.

Sendo tambm um soldador profissional, foi o responsvel pela confeco de muitos dos aparelhos mecanizados de treinamento que Bruce usou para desenvolver sua espantosa fora e potncia. Embora seu sistema fosse baseado em esquivas e velocidade, Bruce continuava acreditando que voc precisa ter alguma fora. Na verdade, ele costumava treinar demais, chegando a fazer flexes de brao durante todo um dia com um par de alteres para desenvolver seus antebraos.

Mais tarde comprou um par de pesos e passou a treinar regularmente com eles. Como fazia em relao sua prpria arte, Bruce colocava nfase na simplicidade e eficincia do treinamento e prestava cuidadosa ateno nos locais onde montava seus aparelhos. Com a ajuda de Taky Kimura e James Lee, Bruce fez inmeras exibies e demonstraes por toda a costa oeste dos Estados Unidos, antes do vero de Sua arte continuava sendo pouco conhecida alm das Chinatawas comunidades chinesas da Amrica e Bruce, naquele ano, a apresentou ao mundo, na inaugurao do Torneio Internacional de Karat, assombrando milhares de espectadores com sua soberba habilidade.

Felizmente, Ed Parker estava presente documentando toda Os produtores queriam algum que conhecesse a arte de luta. Assim, arranjei para que Bill Dozier assistisse ao filme da demonstrao de Bruce Logo a seguir Bruce foi contratado por Dozier, que o fez viajar Los Angeles para um teste cinematogrfico, no que resultou a assinatura de um contrato opcional para o ano seguinte. A escola de Bruce no apresentava muito lucro pela simples razo de que Bruce era um perfeccionista e s admitia alunos srios que ensinava individualmente; por isso a escola passou a funcionar na garagem de James Lee, em Pouco tempo depois, tendo frente uma promissora carreira cinematogrfica, Bruce decidiu mudar-se com a famlia Brandon, seu primeiro filho acabara de nascer para Hollywood.

Por volta de , Bruce Lee abriu oficialmente sua terceira e ltima escola de artes marciais. Ficava no trreo de um edifcio de dois andares perto da velha Chinatown comunidade chinesa de Los Angeles.

Como suas duas outras escolas anteriores, em Seattle e Oakland, a nova escola, de tijolos cinza e janelas pintadas de vermelho, no trazia nenhuma placa ou sinal que a identificasse. Para os que passavam pelo local, era apenas um edifcio comum, de nmero Segundo as ordens de Bruce, no era permitido, de modo algum, visitas no Jun Fan Institute nmero trs e ele limitou, Bruce detestava classes grandes.

Ele achava que o nico modo de manter a qualidade de seu ensino era atendendo cada aluno individualmente. Ele estava certo! Vejamos, por exemplo, um treinador de pugilistas pode treinar um, dois, talvez trs lutadores. No mais. Isso porque ele precisa conhecer seus homens interior e exteriormente: seu lutador tem complexos emocionais?

Fica tenso antes de uma luta? Que passos devem ser tomados para lev-lo a uma correta estrutura mental? E assim por diante Em outras palavras, cada indivduo tem sua personalidade prpria e nica, cujos traos afetam sua performance e cada um deve ser tratado de modo diferente.

Por isso Bruce rejeitara veementemente as vrias ofertas que recebia para estabelecer uma cadeia de escolas de Gun Fu "Kato" por toda a regio. Na poca, Bruce ainda no havia atingido o conceito do Jeet-Kune-Do pelo menos no Mas era bvio que Bruce Lee continuava evoluindo e progredindo. Daniel Lee, engenheiro eletrnico e professor de lngua chinesa, foi o primeiro aluno admitido na escola de Bruce de Chinatown.

Era uma poca em que, no ainda preso aos compromissos do cinema ou TV, Bruce tinha mais tempo para treinar seus alunos e manter um alto padro de treinamento que inclua programas suplementares de ajustamento fsico especialmente prescritos para cada aluno. Bruce observava cada discpulo e lhe recomendava, por exemplo, "Voc tem que trabalhar mais nesta rea e nesta, em flexibilidade e velocidade, etc.

Inspirados no exemplo de Bruce, os que estudaram com ele continuam sentindo profundo respeito e admirao pela sua grandeza: "Bruce foi provavelmente a pessoa que mais respeitei em minha vida" diz Dan Lee. Ele era uma pessoa muito sincera, muito franca e muito intensa Mas, acima de tudo, muito honesta!

Se ele gostava de voc, ele gostava de voc. Se ele no gostava de voc, ele lhe diria e esse tipo de pessoa que eu gosto porque voc sabe que o que dito s suas costas exatamente o mesmo que dito em sua cara. Essa mesma integridade com que Bruce vivia guia os princpios de sua arte, Jeet-Kune-Do. Da mesma forma com que Bruce no pensaria em aplicar frmulas ou ideias fixas em seu relacionamento com a vida, os princpios do Jeet-Kune-Do dependem de liberdade total. Jeet-Kune-Do uma arte na qual a nica regra o no haver regras.

Ao se remover os entraves, normas e respostas fixas, uma certa liberdade flui naturalmente, conforme a realidade vai surgindo, e quanto mais perto da realidade o indivduo se coloca, menos necessita de se apoiar em artifcios complicados ou tcnicas fantasiosas. Como todos os seres humanos, temos uma tendncia em sermos parciais com o que fazemos melhor; algo j tentado e realizado em nossa experincia fsica ou psicolgica anterior tende a ser repetido, em prejuzo do que. Dan Inosanto, por exemplo, confessa que devido a sua pouca estatura, no se sente confortvel quando usa chutes altos e, embora possa faz-lo, prefere usar uma srie rpida de agarres e golpes com as mos e uma rpida sucesso de chutes baixos.

O fato que todos ns usufrumos de certa sensao de bem-estar quando nos atemos ao que nos familiar e isso, de acordo com Bruce, a primeira fraqueza da mente. Por A ideia no se prender a nenhuma coisa em particular. No hesitar em colher elementos de tudo, que h ao redor: boxe, esgrima, luta romana, karat, jud, bal, dana moderna ou qualquer outra coisa de qualquer campo que possa ser aplicada em combate mesmo morder e arranhar, no importa!

Bruce fazia questo de esclarecer que Jeet-Kune-Do mais do que simplesmente uma composio de muitos estilos e sistemas. Jeet-Kune-Do tem um tema central definitivo: preservar a linha central, manter um fluxo rtmico constante e atingir a habilidade de "ajustar-se" s tcnicas do oponente que precisam ser observadas o tempo todo. Embora a arte de Bruce Lee abranja muitas coisas, como temos visto, h sempre algo a ser acrescido, mas no de maneira confusa ou precipitada, pois o principal propsito do Jeet-Kune-Do e a preservao da linha comum que mantm todos os elementos A arte de "ajustar-se" ou "moldar-se" em esprito, que a essncia do Jeet-Kune-Do, foi descoberta por Bruce Lee muitos anos atrs, quando ele navegava sozinho num junco.

Frustrado por ter sido at ento incapaz de dominar a arte do "desprendimento" que significa ser capaz de neutralizar o esforo do oponente ao mesmo tempo minimizando o gasto da prpria energia Bruce havia se afastado da prtica do Wing Chun durante uma semana, para pensar sobre o assunto, acolhendo a sugesto de seu mestre Yip Man. Conforme sua frustrao crescia, Bruce golpeou violentamente a primeira coisa que estava sua frente: a gua.

Era isso! A gua significava a corporificao do esprito etreo das artes marciais. Afinal de contas, ele podia golpela e nada lhe acontecia; podia at esfaque-la e ela no seria cortada Agarrar um punhado de gua seria impossvel. Alm disso, a gua automaticamente assumia a forma de seu recipiente e, embora parecesse fraca, poderia, com o tempo, penetrar em qualquer substncia da Terra.